top of page

Tranças Afrocolombianas

Os primeiros africanos que chegaram à Colômbia eram escravos originários principalmente da África Ocidental e Central. A colônia espanhola os levou durante o comércio transatlântico de escravos para beneficiar do trabalho gratuito nas plantações de cana-de-açúcar e nas minas de ouro.



Durante o seu tempo de escravidão, muitos africanos desenvolveram estratégias e inovações, não apenas para escapar da escravidão, mas também para criar um futuro melhor e sustentável depois de ganharem a liberdade.


Um exemplo disso é como os penteados com tranças eram usados ​​para armazenar grãos e sementes durante o transporte de suas terras natais. Isso era para garantir que tivessem algo com que sobreviver durante a dura jornada. Um problema comum após escapar da escravidão foi a ausência de propriedade da terra, o que causou restrições na criação de um futuro sustentável. As sementes e grãos escondidos foram usados ​​como alimento durante as fugas e mais tarde para o cultivo.


Os diversos estilos de cabelo trançado que vemos hoje também foram usados ​​por africanos escravizados para desenvolver planos de fuga. Eles foram as principais ferramentas para desenhar mapas e comunicar rotas de fuga secretamente em vários países como a Colômbia.


Como os escravos afro-colombianos foram forçados a abandonar suas línguas nativas e só falavam espanhol, não havia muitos meios para comunicar as diferentes rotas de fuga secretamente por causa dos rígidos sistemas de controle estabelecidos pelos seus senhores coloniais. Usar tranças para comunicar planos foi eficiente. Os mestres não detectavam a conexão entre as tranças das mulheres e os planos de fuga.


Alguns estilos sinalizavam para um grupo mais amplo que uma fuga estava a ser preparada. O padrão de trança de outro penteado mostrava então a rota de fuga.



Adoptar o cabelo afro não é apenas uma forma de expressar a identidade negra para os afro-colombianos, mas também uma forma de homenagear os seus ancestrais. O concurso anual de tranças,“Tejendo esperanzas”, em Cali, na Colômbia, é um exemplo disso. O objetivo do concurso é celebrar o cabelo negro e a identidade, bem como a abolição da escravatura na Colômbia.


Deslize para ver as fotos do evento e os diferentes estilos de tranças!


Qual penteado com trança você usa ou usou?


Join the B-Thrive movement!


#blm #africanhistory #blackpride #rootsandculture #blackcommunity #africandiaspora #blackhistoryfacts #knowyourhistory #afroappreciation #africanappreciation #blackmovement #blackempowerment #blackpower #blackhistory #blackculture #africanculture #africanart #blackjoy #blackpanther #proudafrican #panafricanism #panafrican




2 views0 comments

Recent Posts

See All

Locs

bottom of page